O que dá acreditar no darwinismo

por Valmir Nascimento

Muitas pessoas não conseguem compreender como a adoção da teoria darwinista pode afetar drasticamente a forma como encaramos a vida. Essas pessoas são cegas ante a evidência de que a entronização da teoria de Darwin possui implicações para além do “âmbito científico”, capaz de jogar por terra vários aspectos éticos dentro da esfera social.

Nancy Pearcey escreveu em seu blog que não há nenhuma parte da vida, ao que parece, onde o darwinismo não está sendo aplicado hoje. Ela cita livros que abrangem temas como “uma visão evolutiva das mulheres no trabalho” e “uma visão darwiniana do amor parental” e até mesmo uma abordagem darwiniana para a filosofia política de esquerda.

Entretanto, a citação mais interessante de Pearcey é sobre o livro “The Natural History of Rap” em que os dois autores, professores universitários, defendem a idéia de que o estupro não é uma patologia biologicamente falando, mas sim uma adaptação evolucionária, uma estratégia para maximizar o sucesso reprodutivo. Para o autores, o estupro é biológico, “um fenômeno natural produto da herança evolucionária humana”, como “manchas de leopardo e de pescoço alongado da girafa”. Em outras palavras, como escreveu Nancy, alguns homens podem recorrer à coerção para cumprir o imperativo reprodutivo.

Conforme Nancy Pearcey: “O que esses exemplos nos lembram é que o darwinismo não é apenas uma teoria científica, mas também a base de uma visão de mundo – e isso tem implicações na forma como define a natureza humana e moral”.

E isso ocorre por uma razão muito evidente. Ao retirar Deus do cenário, o darwinismo retira também os princípios que deveriam norteam a vida do homem, sobrando tão somente o acaso, impulsos biológicos e materialismo, de modo a tornar legítimo até mesmo o estupro, como um fenômeno natural produto da herança evolucionária humana.

A grande verdade é que o darwinismo é um atentado contra a dignidade da pessoa humana. Earl Aagaard observa muito bem [1] que até mesmo alguns evolucionistas chegaram a essa conclusão. Segundo ele, James Rachels, no livro Created from Animals: The Moral Implications of Darwinism (Criado Como Descendente de Animais: As Implicações Morais do darwinismo, New York: Oxford University Press), conclui que o darwinismo subverte a doutrina da dignidade humana. Os seres humanos não ocupam um lugar especial na ordem moral; somos apenas outra forma de animal.

Aagaard escreve ainda: “Em “Quão Diferentes são os Seres Humanos dos Animais?” Rachels conclui que o darwinismo destrói qualquer fundamento para uma diferença moralmente significante entre seres humanos e animais. Se o homem descende de símios por seleção natural, ele pode ser fisicamente diferente de símios, mas não pode sê-lo de modo essencial. Certamente não pode ser em qualquer aspecto que dê aos homens mais direitos do que a qualquer animal. Nas palavras de Rachels, “não se pode fazer distinções em moralidade onde nenhuma existe de fato”. Ele chama sua doutrina de “individualismo moral”, e rejeita “a doutrina tradicional da dignidade humana” junto com a idéia de que a vida humana tenha qualquer valor inerente que os seres não humanos careçam“.

Infelizmente, como disse, grande parte das pessoas não conseguem compreender as implicações do darwinismo que, tal qual uma cosmovisão, uma forma de ver o mundo, afeta a ética, a educação, a família, a política etc. E tal influência, como visto, é completamente prejudicial, capaz de inocentar ações criminosas e desculpar desvios morais.

Notas

[1] Disponível em: http://www.conteudo.com.br/providafamilia/as-implicacoes-morais-do-darwinismo

Área de comentários

opiniões

60 thoughts on “O que dá acreditar no darwinismo

  1. Rafael

    Na faculdade eu estudei os modelos evolucionários de teoria dos jogos (a teoria da evolução tem sua origem anterior a Darwin no pensamento teológico de Thomas Malthus e era usada em ciências sociais – de fato os resultados quando aplicados em ciências sociais como economia são até melhores do que os obtidos em biologia). E a conclusão a que vários deles chegam é que instituições morais, que valorizam o ser humanos, são as que sobrevivem melhor. Você pode imaginar meu espanto como cristão quando eu estudei a fundo isso (afinal eu li o livro E Agora Como Viveremos? já no ensino médio). Mas o que eu quero chamar a atenção aqui é que ao ser seletivo ao analisar seus exemplos, um evolucionista poderia rebater esses exemplos com outros e provavelmente começar com a diatribe de que a igreja impediu o progresso científico, aquelas falácias que estamos acostumados a ouvir. Precisamos nos focar nas raízes, não nos galhos e árvores do debate.

    Reply
    1. Valmir Nascimento Post author

      Valeu pelo comentário Rafael.

      Os evolucionistas vão contestar de toda e qualquer forma.
      E concordo contigo que precisamos focar nas raízes, que, ao meu ver, são as implicações das cosmovisões.

      abç

      Reply
  2. Herodes G. Bezerra

    Piotr Alexeyevich Kropotkin “Na sua obra Ajuda Mútua: Um Fator de Evolução Kropotkin defende que a solidariedade entre indivíduos de um mesmo grupo ou espécie é tão importante para a sobrevivência quanto a competição entre grupos e espécies.
    Darwin,”Inicialmente não duvidava da verdade literal da Bíblia. Ele frequentava uma escola da igreja da Inglaterra e, mais tarde, em Cambridge, estudou teologia Anglicana. Nesta época, ele estava plenamente convencido do argumento de William Paley de que o projeto perfeito da natureza era uma prova inequívoca da existência de Deus.”

    Reply
  3. Guedes

    “Os seres humanos não ocupam um lugar especial na ordem moral; somos apenas outra forma de animal.” Neste ponto você disse tudo, ou seja, nossa auto-ilusão de que somos especiais, o supra-sumo da mitológica “criação”. Na visão religiosa isso faz todo o sentido, mas na realidade, isto é só mais uma tola ilusão egocentrica. Somos geneticamente 98,5% iguais aos chipanzés. Nos sentimos especiais por termos desenvolvido a inteligência e termos noção de individualidade. Qualquer outro animal que hipoteticamente desenvolvesse inteligência pensaria da mesma forma, enquanto desconhecessem a ciência como os religiosos.

    Reply
    1. Adriel

      O que é engraçado é o fato de os macacos terem sido os únicos animais a evoluirem ao ponto de desenvolver inteligência e noção de individualidade. Por que os demais animais, os quais estavam condicionados a mesma realidade que os macacos estavam (ou seja, viviam no mesmo espaço, o ambiente era o mesmo)não evoluiram também ao ponto de chegar a desenvolver a inteligencia? Ao menos um de tantos animais existentes poderiam ter evoluido como o macaco! Talvez hoje, se essa historia de evolucao fosse verdadeira, tivessemos cacharros falantes. Por que é tão dificil admitir

      Reply
      1. Adriel

        Por que é tao dificil admitir que foi Deus quem criou tudo? O homem sim é egocentrico e tem raiva de saber que foi criado por alguém superior. Querendo nós ou não, Deus vive e reina para todo sempre…..

        Reply
  4. Guedes

    E voltando ao assunto principal do post, se a ciência evolutiva leva a conclusões que abalam nossa base moral, isso não quer dizer que esteja equivocada, e sim, deixa claro que nossa moralidade nada mais é do que nossa criação intelectual de códigos e regras de conduta para convívio social, sendo em grande parte também baseada em ilusões ou anseios de um mundo perfeito que não leva em conta a realidade nua e crua que é totalmente indiferente à nossa existência. É mais um subproduto do nosso infantil egocentrismo exacerbado. Precisamos e muito destas regras morais para um convívio harmônico, mas não deixam de ser nossa criação. Não adianta fingir que não temos instintos animais. Somente nossa civilidade os mantém sob controle, prova de nossa origem comum. E alguns de nós tem falhas neste controle e devem ser contidos para o bem de todos. O conhecimento deste fato não induz que seja algo aceito, ou que sirva para inocentar ações criminosas, mas sim serve para criação de métodos de cura e até de prevenção de quem possa ter tais problemas antes da ação. O conhecimento leva à solução, o puro preconceito ignorante leva a destruição apenas.

    Reply
  5. J. Tadeu

    Parece-me que o autor confunde a teoria evolutiva, que explica o desenvolvimento das espécies*, inclusive da espécie humana, com o chamado “darwinismo social” – a propósito, chamá-la de “darwinismo” faz tanto sentido quanto chamar a teoria da relatividade de “einsteinismo” ou a teoria atômica de “bohr-rutherfordismo”. Uma questão análoga é: a teoria atômica foi usada para fabricar bombas atômicas; mas também foi e é usada para fins medicinais e de diagnósticos, como a tomografia por emissão de pósitrons (PET). Porém mais importante que isso tudo: nos deu CONHECIMENTO.

    O grande problema do cristianismo (talvez o maior e mais daninho ao próprio cristianismo) foi incorporar o Tanakh (Antigo Testamento) ao seu cânone, o que acabou gerando uma interpretação literal da criação e uma resistência cega aos fatos hoje conhecidos. Talvez os primeiros cristãos gnósticos – que foram considerados heréticos pelo catolicismo, que se tornou a corrente cristã dominante – estivessem certos em rejeitar as escrituras hebraicas, inclusive considerando YHWH como um demiurgo maligno.

    *A evolução das espécies, que descendem de um ancestral comum evoluído entre 3 e 4 bilhões de anos (~3,7*10^9 yr) é em si um fato; o que ainda não é um consenso são os mecanismos e como exatamente ocorreu a evolução – por exemplo, qual ou quais forças mais contribuíram para a evolução: seleção natural, seleção sexual, deriva genética; ou como surgiram as primeiras moléculas orgânicas.

    Reply
  6. Hélio Bandeira

    Como eu posso dizer que algo é um fato se eu não posso provar? Essa conversa fiada de que a evolução é um fato, mas não é demostrado pelo método científico; é um tremendo sofisma dos evolucionistas que ignora os rigorosos pormenores cientificos. Para fazer de uma filosófia ateísta uma teoria científica. Por EX: O livro origens das espécies contém cerca de quase mil verbetes do tipo “suponhamos”. E a ciencia vive de suposições ou de fatos? Ou depende do que a convém? Desafio qualquer um a me provar pelo métotodo científico que a evolução é um fato.

    Reply
    1. Paulo

      La vamos nos de novo… COMO a evolucao nao e confirmada atraves de evidencias?? E porque a ciencia dependeria “do que a convem? Nos estamos usando a ciencia neste exato instante. TODA a ciencia moderna confirma atraves de inumeras evidencias que somos apenas animais inteligentes, e existem inumeros livros, publicacoes, RESULTADOS praticos, trabalhos reconhecidos pela comunidade cientifica, e voce vem dizer que “desafia qualquer um…”?? Este tipo de argumentacao deve ser sustentada por argumentos tecnicos, e qualquer coisa diferente (isto, sim!) subverte o metodo cientifico. Como alguem ousa afirmar “Essa conversa fiada de que a evolução é um fato, mas não é demostrado pelo método científico; é um tremendo sofisma dos evolucionistas que ignora os rigorosos pormenores cientificos…”??? Aonde esta o sofisma? Veja a genetica, geologia, a datacao pelo decaimento radioativo, o estudo do que se chama biologia molecular, bioquimica, etc, etc… Sofisma?? Entao vejamos… Alguem perde um braco e uma perna em um acidente qualquer, fica dias entre a vida e a morte, e sua vida e salva por tecnicos/profissionais que se prepararam por toda suas vidas para momentos como este – ha 50 anos seria morte certa… E dizem que foi Deus quem a salvou. Por que entao o acidente nao foi evitado??? E vocas pessoas falam de sofisma??? Serio mesmo?

      Reply
  7. Ivaldo A Oliveira

    Depois de deitar-me na cama do ceticismo por mais de vinte anos, cheguei a conclusão de que não há evolução sem criação anterior, e reconheço Jesus Cristo como Mestre e filho do Criador, e como Ele mesmo disse que não veio a este mundo para alterar a Lei (Antigo Testamento), mas sim para fazê-lo valer, sigo, desde este tempo, as Escrituras, pois nelas encontrei sabedoria e paz de espirito, irmandade e amor incondicional, conhecimento e esperança, virtude e respeito.
    O evolucionismo nada mais é do que um desenrolar do processo continuo do Criador.

    Reply
    1. Paulo

      Perfeito. E voce reconhece que a criacao de todos os seres vivos no mesmo instante nao seria possivel. Muito bom. Ainda ha esperanca.

      Reply
  8. Hélio Bandeira

    La vamos de novo Paulo, biologia molecular, genetica, geologia, bioquimica, datção e etc… tudo muito lindo, tudo muito belo, mas cadê o processo que desencadeou a evolução? Tudo inquestionavelmente avançado. mas cadê o método evolutivo, só retórica? Eu costumo dizer que os evolucionista costumam dizer que a evolução é ” uma teoria cheia de fatos, à religião não.” Que paradóxo, como é cheia de fatos e nunca perde o STATUS de teoria, e pelo visto está longe de perder. Eu não gosto de blá,blá,blá eu gosto de matar à cobra e mostrar o pau: ” Compreendemos que a evolução significa a formação de organismos DESconhecidos, a partir de produtos quimicos DESconhecidos, numa atmosfera ou oceano de composição DESconhecida, sob condições DESconhecidas, cujos organismos subiram então uma escala evolucionista DESconhecida, MEDIANTE UM PROCESSO DESCONHECIDO, DEIXANDO UMA EVIDÊNCIA DESCONHECIDA.” Que belos “fatos” heim? É Paulo, sem dúvida, ha teoria da evolução é nota “DES.”

    Reply
    1. Guedes

      Hélio,
      A ciência é sem dúvida um ramo de probabilidade, diferente das “certezas absolutas” da religião que já tem tudo determinado, inquestionável e estático. A religião é sentida por vocês como verdadeira pelo simples fato de servir de consolo, agrada aos sentimentos. Já a ciência com toda sua imperfeição traz resultados concretos e não é fruto de ilusões antropocêntricas e sim resultado de exaustivas pesquisas feitas por profissionais independentes e sem qualquer intenção de enganar ou iludir. São visões que satisfazem dois perfis mentais, uma é para aqueles que sentem grande necessidade de certezas transcendentais que continuarão após a morte e a outra é para quem valoriza a honestidade intelectual e só se satisfaz com explicações condizentes com a realidade. Se um deus fez tudo isto, ele tratou de ocultar muito bem as evidências de sua ação.

      Reply
  9. Hélio Bandeira

    Acabei me esquecendo de creditar o autor. Dr. Randy L. Wysong, D.V.M fisiologista e anotomista.

    Reply
  10. Hélio Bandeira

    ” A afirmação darwinista para explicar a evolução é uma meia-verdade popular cuja falta de poder explicativo é compensado somente pela ferocidade RELIGIOSA DE SUA RETÓRIOCA.” Lynn Margulis, bióloga. ” O gradualismo forjado por Darwin tornou-se um DÓGMA da teoria sintética.” Estephen Jay Gold, biólogo e paleontólogo. ” Não há presentemente nenhuma explicações detalhadas da evolução de qualquer sistema bioquímico, ou celular somente uma variedade de especulações fantasiosas.” Flanklin Harold, bioquímico. Esses cientistas, estão de acordo em número, gênero e grau com o prefácil da edição centenária de origen das espécies. E ainda vem Paulo e outros darwinistas afirmarem que a teoria da evolção é um consensso na comunidade científica. Como dizia um certo comediante na escolinha do professor Raimundo: ” Barbaridade chê.” Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk…

    Reply
      1. Paulo

        Nao sou um “darwinista”, e nao creio em nada. Nao preciso crer por exemplo que 1 + 1 = 2, e em ciencia nao se cre. TUDO que voce tem escrito nao tem nada a ver com o fato da evolucao ter ocorrido, mas sim COMO ocorreu. E a evolucao nao ocorre por acaso. E um processo bem conhecido, fartamente documentada, que tem como objetivo a preservacao das especies. E isto nao tem nada a ver com o inicio da vida. Este e assunto para outro ramo da ciencia, e ha muita especulacao e hipoteses sobre o assunto. E verdade que muitos cientistas religiosos deram sua contribuicao a ciencia. Cientistas catolicos, judeus, hindus, e ate mesmo ateus. Newton, por exemplo, na ausencia de uma explicacao tecnica para a manutencao do equilibrio gravitacional de sistemas como o Sistema Solar, atribuia este equilibrio a interferencia divina, por conta de suas conviccoes religiosa. Pierre-Simon, no entanto, mais conhecido como Marques de Laplace, demonstrou matematicamente que as eventuais pertubacoes eram periodicas e nao cumulativas, o que nao afetava o equlibrio geral. A evolucao aconteceu sim. Como aconteceu e outro assunto, e a Dra Margulis propos uma teoria para a evolucao de certas estruturas celulares que foi objeto de muita discussao. E facil de verificar. Pesquise o nome na wikipedia, por exemplo, e voce vaiver exatamente o que estou tentando lhe transmitir. Ha sim consenso cientifico. Nao se conhece na sua totalidade os mecanismos (ou seja, COMO) aconteceu. Mas que aconteceu, e mais ainda, acontece debaixo de nossos olhos, nao ha duvidas.

        Reply
    1. Paulo

      Helio. Procure saber quem foi Lynn Margulis. Ex-mulher de Carl Sagan, ela propos uma explicacao para a formacao de certas estruturas celulares, e sua tese foi muito questionada quando publicada, send hoje quase que universalmente aceita. Mas ela NUNCA afirmou que a evolucao nao aconteceu, muito pelo contrario. Junto com Carl Sagan, foram responsaveis por inumeras artigos de divulgacao da ciencia, e suas posicoes sobre o ensino de religiao a criancas sao bem conhecidas. Ja o “Estephen” – o nome e Stepehen – Jay Gould e um conhecido paleontologo que tambem publicou inumeros artigos defendendo a evolucao. Seu livro mais conhecido, citado equivocadamente como argumento CONTRA (ahahahaha) a evolucao e o “Polegar do Panda”. Parte do prologo, pagina 12 da edicao original:
      “…
      I think that the fascination so many people feel for evolution theory resides in three of its properties. First, it is, in its current state of development, sufficiently to provide satisfaction and confidence…”. Ja com o Dr FRanklin Harold, temo que o tema central do seu livro “The Way of The Cell” nao tenha sido (de novo, na melhor da hipoteses) bem compreendido, como usualmente acontece com os criacionistas de plantao. A enfase e abiogenese, que como sabemos e o surgimento da vida. E embora a argumentacao tenha valor cientifico, infelizmente da margem a interpretacoes como as que voce cita. Me parece que se voce tivesse lido o livro estes comentarios nao teriam sido publicados.

      Reply
  11. Hélio Bandeira

    “A evolução ocorreu sim, temos certeza as evidêcias mostram. Só não sabemos como.” Evolucionistas. Deus criou o mundo sim, temos certeza as evidências mostram. Só não sabemos como.” Criacionistas. Pressupostos idênticos heim? Bom… se os evolucionistas conseguirem verificar que coisas complexas podem surgir de um mero acaso, aí então ficaremos em 1×1. Obs: mas só se conseguirem. PS. Nós criacionistas verificamos que coisas complexas recobram um criador. Quem puder… prove que eu estou errado.

    Reply
    1. Guedes

      Uma coisa é certa: Nossa capacidade intelectual não nos permite saber exatamente o que bilhões de anos, materiais diversos e energia podem fazer. Mas para a existência de toda esta complexidade e diversidade de vida, bastou surgir uma única partícula de algo que nem poderia ser considerado vida, mas que tivesse a capacidade de absorver energia e se replicar. E outra: Devem existir trilhões de planetas propícios a vida no universo e pode até o nosso ser o único em que este evento ocorreu. Pode ter sido um evento único e improbabilíssimo mas aconteceu. A idéia de que coisas complexas tem que ter um criador é uma ilusão baseada no antropocentrismo, pois tudo o que não é natural fomos nós que criamos, daí pensamos que até o natural teve um criador, mas isto é devido a falta de entendimento de como a evolução e a seleção natural ocorrem, é um processo extremamente lento, gradual em milhões de gerações.

      Reply
  12. Hélio Bandeira

    É Guedes, e essa partícula é bem “convincente.” Mas vamos em frente, você disse: “qualquer outro animal, que hipoteticamente desenvolvesse inteligência pensaria da mesma forma, enquanto desconhecesse à ciência como os religiosos.” Eu sou adépito daquele velho ditado:” matar à cobra e mostrar o pau.” Coisa que evidentemente você e outros evolucionistas não são: Na ciência 50% dos cientistas tem alguma religiosidade. Entre eles 36% acreditam em Deus. Fontes: Mundo estranho ed. abril, pesquisa de Phil Zuckerman[2007], Richard Linn[2008] e Elaine Howard Eklund(2010), onu, aderents.com, américan religions identification surway the pew reserch center, gallup poll, the new york times, good.nature, live science e discovery magazine. Mais uma falácia, heim Guedes?

    Reply
  13. Paulo

    Ahhh… O que exatamente tem a ver uma coisa com a outra?? Ta bom, muitos cientistas tem alguma forma de religiosidade, mas no que exatamente este fato demonstra alguma (sic) falacia em afirmar que a evolucao nao e um fato? Se voce gosta mesmo de matar a cobra e mostrar o pau, apresente um unico trabalho cientifico, publicado por algum orgao isento de divulgacao cientifica, no qual o autor apresenta evidencias comprovaveis de que a evolucao nao aconteceu. Para nao restarem duvidas, o raciocinio e semelhante ao que segue. Algumas pessoas se deslocam do ponto A ao ponto B. Atraves de evidencias como carteira de identidade, impressoes digitais, DNA e outras, se sabe que as pessoas que as pessoas que nao estao mais no ponto A sao aquelas que chegaram ao ponto B. COMO elas foram nao se sabe, mas ha pistas indicando, por exemplo que elas foram de carro, que tiveram de fazer algum tipo de conserto porque as maos de algumas estavam sujas de graxa, etc, etc… Isto e o que devemos procurar. Um trabalho cientifico, reconhecido por quem tem competencia, ou seja, pela comunidade cientifica, com evidencias observaveis e comprovaveis de que a evolucao NAO aconteceu. Seguindo o nosso exemplo, e um trabalho que indique que as pessoas que estao no ponto B nao sao aquelas que estavam em A, ou seja, elas NAO se deslocaram de A para B.

    Reply
  14. Guedes

    Hélio,
    Todas as descobertas científicas são exaustivamente testadas por vários cientistas independentes em busca de falhas ou enganos, com todos os processos metodicamente registrados, ou seja, “mostrar mais o pau” que isto é impossível! Há sim teorias incompletas, mas são logicamente viáveis com altíssima probabilidade de estarem 100% corretas, sendo o mais próximo que podemos estar da “verdade”. Já a religião matou muitas cobras inventadas e o único pau que podem mostrar são as escrituras. Eu acredito, me corrija se estiver errado, que muitos religiosos pensam que os cientistas buscam confundir a humanidade com teorias inventadas com a intensão de enfraquecer a religiosidade, maior absurdo impossível.
    Sobre os cientistas religiosos, não vejo também qual a relevância deste fato, apenas mostra que a religiosidade quando incutida na infância, é como um vírus mental dificílimo de ser erradicado, pois causa dependência na maioria, mas não em todos. Ninguém com alta intelectualidade se torna religioso após adulto.

    Reply
  15. Hélio Bandeira

    Guedes, do jeito que você e Paulo se expressaram, me desculpe ,mas qual quer um acharía mas facil ver o Boris kasoy apresentando o jornal nacional do que ver um cientista religioso. Evidentemente depois de eu mostrar que vocês estavam- no mínimo- equivocados o fato ” não tem mais relevância.” Sim Guedes… eu também gostaria de ” informa-lhes” que as descobertas científicas mais impactantes da humnidade do século 17 pra cá, devemos aos cientistas criacionistas com seus altos intelectos.

    Reply
    1. Guedes

      Ainda não consegui entender onde você quer chegar. No passado, você deve concordar, não havia alternativa, praticamente todos deveriam ser cristãos e muitos cientistas eram de forma sincera e conseguiram produzir avanços mesmo que com alguns enganos. As convicções religiosas não impediram descobertas, apenas direcionaram as buscas. Hoje, com a liberdade religiosa a grande maioria dos cientistas não professa nenhuma fé e as buscas são mais objetivas. O criacionismo só pode ser defendido de forma emocional, pois pelo bom senso e lógica não faz o menor sentido, nunca fez. A religiosidade só se sustenta pela tradição, se eu não passo isto para meu filho ele jamais terá estas ilusões. Cientistas que hoje são religiosos, certamente o são por terem tido pais religiosos pois o sobrenatural é incompatível com a intelectualidade.

      Reply
  16. Paulo

    Viu, Guedes? Por serem criacionistas, estes cientistas que produziram “resultados impactantes”, possuiam altos intelectos. Interessante…

    Reply
    1. Guedes

      É verdade, só porque eram criacionistas.
      Como sempre digo, existem pessoas extremamente inteligentes em determinadas áreas que são religiosos e acreditam nos maiores absurdos, conheço vários assim. Mas pergunte para qualquer um porque acreditam nisso, todos dizem a mesma coisa: Meus pais me ensinaram assim, ou seja, foram programados desde a infância e isto é difícil de superar, a razão tem pouca influência na emoção, depois de introduzido, este vírus mental se apropria até da razão. Não conheço ninguém que se tornou religioso após adulto sendo inteligente. É igual fumar, há pesquisas que indicam que se o indivíduo não fumar até os 18 anos de idade, dificilmente começará a fumar depois, ou seja, após o intelecto estar formado.

      Reply
  17. Hélio Bandeira

    Não pode Guedes/Paulo, me desculpem, mas voces disseram com todas as letras que é impossivel alguém inteligente ser religioso/criacionista. Os seus posts não me deixam mentir. Pra coisa ficar mais contraditória ainda, vejam algumas pessoas que se converteram “depois” de se tornarem inteligentes: Francis Conlins, Antony Flew,C.S Lewis e muitos outros.

    Reply
  18. Guedes

    Hélio,
    A revista “Nature” fez uma pesquisa em 1996: de modo geral, 60,7% dos cientistas apresentavam descrença ou dúvida em deus. Quando consideraram os “maiores” cientistas (membros da “National Academy of Sciences”) o número era maior: 72,2% apresentavam descrença em deus; 20,8% apresentavam dúvida ou agnosticismo; apenas 7% apresentavam crença em algum deus.
    Sempre há exceções, mas isto não prova nada. Até a regra não prova muita coisa, pois cada indivíduo é único e tem uma história e formação distinta.

    Reply
  19. Paulo

    Nao, nao, Helio. De novo, voce esta distorcendo as palavras. Eu nunca afirmei “que é impossivel alguém inteligente ser religioso/criacionista.”. E muito menos o Guedes. O que nao entendo e como alguem de BOM-SENSO consegue acreditar nestes absurdos que nos empurram goela abaixo. Meu tio, por exemplo, e um conhecido engenheiro civil, possuidor de um Ph.D. em calculo estrutural e e pastor. Ou seja, e obviamente um cara inteligente, mas tem la suas crendices. Mas afirmar que TODA a ciencia moderna esta errada e basear esta afirmacao em textos escritos por autores diversos, vindo de culturas diversas, em epocas tambem diversas, etc, etc…, e sinal do que voce quiser menos de bom senso. Ja tivemos longas conversas sobre o assunto, invariavelmente terminadas por “voce tem razao mesmo, mas e uma questao de fe”. Apenas para citar um exemplo, ninguem nunca apareceu com uma explicacao razoavel sobre aonde esta a moralidade de permitirmos que alguem assuma a culpa pelos nossos erros – voce sabe onde quero chegar – ou mesmo qual o pecado que cometemos antes mesmo de termos nascido. Ja ouvi de algumas pessoas que estes comentarios sao primarios, mas a estoria que nos contam E primaria. Li MUITO sobre Historia, especialmente a Historia DAS religioes, porque a biblia foi escrita, deuses da antiguidade como Yafe, Marduck, Baal, etc, etc…, inicialmente por ter estudado em um colegio religioso. E depois por pura curiosidade e interesse mesmo. E inacreditavel que ate hoje as pessoas estejam se matando pelo mesmo deus. Nao ha, portanto, contradicao alguma. Cada um acredita no que quer, mas nao ha como negar que se tivessemos nascido em lugares e/ou epocas diferentes muito provavelmente estariamos louvando outros deuses. E pense numa coisa… Com todos os nossos defeitos, somos hoje uma civilizacao “muito mais moral” do que ha 200 anos. O que voce acha que mudou? O Deus moderno e mais atuante? Aonde Ele estava quando nao proibia a escravidao, nao estimulava direitos iguais as mulheres, e por ai vai (a lista e extensa, sabemos disso…)? Os nossos padraos morais mudaram, a sociedade, apesar das interferencias de grupos religiosos, politicos e economicos, evoluiu. Ponha a fe religiosa de lado um pouco. Procure ler, voce mesmo, livros de autores diversos sobre historia, e voce vai se surpreender. Um bom comeco e “A Evolucao de Deus”, de Robert Wright.

    Reply
    1. Hélio Bandeira

      Muito bem, muito bem, Paulo!!! Vamos ver alguns “absurdos” e afirmo… não só são absurdos… mas verdadeiras “aberrações” científicas. Vejamos: na “mitológica” narração do gênesis Capítulo 3 versículo 14 Deus disse que a cobra não iría mais andar e sim rastejar. Acabei de ser informado que existe fósseis de cobras com patas. Rechacei imediatamente, quem ja viu cobras com patas? Isso é “balela” de criacionistas. Vamos em frente: “o norte estende sobre o vazio; suspende a terra sobre o nada.” Jó 26.7. Veja só Paulo… que “aberração” Científica,também pudéra… isso foi dito em 2000 A.C. Qualquer astronomo amador “sabe” que a espansão norte dos céus “não” é nada de vazia, que absurdo um disparate. E a terra suspensa sobre o nada… é de morrer de rir heim Paulo? Graças a “gloriosa” ciencia sabemos hoje que a terra é suspensa por “tartarugas e elefantes.” “Onde está o caminho da morada da luz? E, quanto as trevas, onde está o seu lugar”, “Onde está o caminho em que se reparte a luz…” Jó 38.19,24. “Graças a Olaf Roemer” nos livramos desse pensamento atrasado que dominava a antguidade e a idade média de que a luz “caminhava.” Graças ao norueguês “sabemos” hoje que a luz é “instantânea.” Voce tem toda “razão” Paulo, só “verdadeiros absurdos.” PS finalmente “concordamos” com algo.

      Reply
      1. Paulo

        Poxa, ate que enfim. Tudo o que voce citou sao mesmo aberracoes cientificas. So acho injusta sua critica. Voce nao estava mesmo esperando encontrar ciencia na biblia, nao? E vem ca… Sabemos hoje que a terra e suspensa por tartarugas e elefantes? E isso mesmo? Eu nao sei disso. Alias, se dependesse da ‘Ciencia da Biblia” (seria comico se nao fosse tragico, especialmente quando se comete o crime transmitir nossas crencas a criancas..), Galileu Galilei teria sido executado por afirma que a Terra nao era o centro do universo. E aonde esta a “Ciencia da Biblia” quando afirma que morcegos sao aves ou baleias sao peixes? O que e a eXpansao Norte dos Ceus? Acho que voce faz referencia a estes capitulos do genesis, 1:16 e 1:17:
        “16 E fez Deus os dois grandes luminares: o luminar maior para governar o dia, e o luminar menor para governar a noite; e fez as estrelas.
        17 E Deus os pôs na expansão dos céus para iluminar a terra”.
        Voce tem coragem de dizer que isso e ciencia?? E o que o Olaf Roemer (qualquer um que tenha estudado fisica ja ouviu falar neste nome…) tem a ver com o ponto central da discussao? Mas podemos conversar sobre isso tambem. Em primeiro lugar, ele era DINAMARQUES e nao noruegues (ok ta tudo meio misturado no norte da europa mesmo…). Ele foi o primeiro cientista a medir a velocidada de da luz, que se julgava instantanea. E… qual e exatamente a relevancia disto? Po, Helio (ja te dei um toque antes e dou de novo agora…) PELO menos pesquise mais. Ah, e sem querer me repetir mas ja me repetindo, apresente as referencias aquele trabalhinho. Ate argumentos precisam de evoluir.

        Reply
        1. Hélio Bandeira

          Galileu ia ser executato pelo deturpado entendimento CATÓLICO das escrituras. Onde a bíblia diz que a terra é o centro do universo? Quando voce mostrar alguma civilização avançada da antiguidade EXs: grega, egipcia e etc., com seus sábios afirmando que a terra é suspensa sobre o nada, e que a luz caminha… com certeza essa afirmação bíblica não terá relevância. Quando o ESCANDINAVO “descobriu” que a luz caminha Jó ja tinha “adivinhado” a muuuuitos anos LUZ. E outra… definitivamente a bíblia não é um livro científico. DEUS inspirou o homem a escreve-la… mas inúmeras vezes deixou que o homem se expressasse com seu recurso literário limitado, e com sua visão de mundo, e como assim o entendia. Isso tá muito óbvio; quem disse a Jó que a luz caminha, e que a terra é suspensa sobre o nada, sabe que morcego não é ave e baleia não é peixe. O conhecimento científico e o aumento desse conhecimento, DEUS deixou a cargo do próprio homem como inequivocadamente profetizou:”E tu, Daniel, fecha estas palavras e sela este livro, até ao fim do tempo; muitos correrão de uma parte para outra, e a CIENCIA SE MULTIPLICARÁ.” Daniel 12.4

          Reply
          1. Paulo

            A Biblia AFIRMA que a Terra e o centro do Universo. (ponto). Voce escreveu sobre o Olaf Roemer (ate agora nao entendi porque) “…Graças ao norueguês “sabemos””. E quem afirmou que ha ciencia na biblia foi voce. Mas este nao e o ponto (conheco um pouco do assunto e poderiamos conversar por dias seguidos..) da discussao. Ainda nao vi as referencias sobre aquele trabalho cientifico sobre a evolucao. E tambem quero entender exatamente o que significa “O que da acreditar no Darwinismo”. Alias, o que e Darwinismo? Se voce se refere as ideias de Charles Darwin, nao ha a menor necessidade de acreditarmos nelas. Ao contrario de deuses, a ciencia nao precisa de crenca para existir. Galileu, atraves de inumeras evidencias, mostrou ao mundo que a Terra nao era o centro do Universo, e por contrariar o pensamento vigente da epoca quase foi executado. Ou sera que voce sugere que atualmente, por conta do nosso outrora conhecimento limitado, finalmente chegamos a outras conclusoes?

          2. Paulo

            Pergunta besta… Estou enganado ou ainda tem genta que pensa que a velocidade da luz e espontanea?

  20. Paulo

    Ah… Nao quero “vencer pelo cansaco”, Helio. Mas ainda estou a espera de referencias a um trabalho/publicacao reconhecido/a pela comunidade cientifica (tem que ser assim, quando temos uma dor de dente a gente ate reza/ora, mas acabamos na cadeira do dentista mesmo…) em que se sustente que a Evolucao nao aconteceu. Este e o tema central da discussao.

    Reply
  21. hélio bandeira

    Se houve evolução… a deusa seleçãonatural tratou muito bem de esconder o método. A geração espontânea a mais de um século foi descartada, o evolucionista Estephen J. Gold aniquilou o gradualismo fóssil, ninguém mais ousa falar em eléatoriedade… e agora?????? Essa deusa é bem danadinha heim? P.S. Guedes, vamos ver mais pessoas que se converteram depois de se tornarem sábias: Allan Sandage e John Polkinghorne.

    Reply
    1. Paulo

      Geracao espontanea tem a ver com origem da vida e nao com evolucao natural, e a ideia e muito anterior a publicacao da Teoria da Evolucao. Faca uma pesquisa rapida e voce vai ver que a tese da geracao espontanea e mais adequada a um dogma religioso. Parte do texto, que pode ser encontrado em http://pt.wikipedia.org/wiki/Abiog%C3%AAnese:
      “…
      Embora há muito descartadas pela ciência, outras ideias acerca da origem dos seres vivos, geralmente mais antigas, também recebem o nome de abiogênese, e entre elas destaca-se certamente a chamada abiogênese espontânea, ligada a ideia da geração espontânea de organismos já complexos. A geração espontânea, cuja ideia em muito remete à criação do primeiro homem segundo a mitologia cristã, o mito de Adão e Eva, consiste basicamente na suposição de que organismos complexos, a exemplo os que encontram-se presentes na atualidade, podem não só se originar de seus progenitores mas também diretamente do “barro”, ou seja, “matéria bruta”. Nesse estilo moscas “brotariam” espontaneamente de matéria orgânica em decomposição. A geração espontânea não encontra corroboração científica nos dias de hoje, encontrando-se há muito refutada pela ciência.
      …”
      A chave de tudo e o conhecimento. Aproveite esta ferramenta fantastica que e a Internet e pesquise mais sobre o tema, inclusive sobre a origem das religioes, e voce vai se surpreender muito, garanto. Estou fornecendo todas as dicas, isentas de onde voce pode encontrar mais informacao. Ah… Antes que me esqueca, ainda estou aguardando as referencias aquele trabalho, lembra?

      Reply
  22. Paulo

    De novo, Helio. O nome nao e Estephen, mas Stephen. E de novo (ufa!!!), ha muitas discussoes sobre alguns mecanismos ou FORMAS como a evolucao ocorreu. Continuo aguardando referencias a algum trabalho que sustente que a Evolucao NAO ocorreu. Este trabalho precisa ser reconhecido pela comunidade cientifica. Com relacao ao Allan Sandage e John Polkinghorne, bem… E dai? O que isso prova? Que cientistas podem ser religiosos? OBVIO que podem. Mas o fato de um cientista afirmar que determinada tese e verdadeira nao significa nada, a nao ser que haja evidencias e que tambem a declaracao, trabalho ou coisa que o valha seja reconhecido no minimo como ciencia pela… voce adivinhou!! comunidade cientifica. E agora, veja que coisa interessante… o Padre Dr. George Coyne, cientista diretor do observatorio do Vaticano – sabemos que a igreja catolica difere da protestante em alguns pontos, mas compartilham do mesmo dogma principal – ja declarou inumeras vezes que como cientista uma terra com 6,000 anos de idade, negar a evolucao e o big-bang, etc…, e inaceitavel do ponto de vista CIENTIFICO. Esta afirmacao vem de sua formacao tecnica e do reconhecimento da comunidade ceintifica de evidencias que sustentam as teorias/trabalhos (etc…), e NAO de argumentos religiosos. O nome disto e honestidade intelectual. Pesquise na internet o nome de Georges Lemaitre.

    Reply
    1. Hélio Bandeira

      Paulo, todo mundo sabe que existe pouquissimas diferenças entre católicos e ateus. A própria doutrina católica é anti-bíblica. Contraria de longe os evangelhos e as cartas apostólicas. Conclusão: voce choveu no molhado.

      Reply
      1. Paulo

        Nao me inclua neste “todo mundo”. No dia em que houverem “pouquissimas diferencas entre catolicos e ateus”, ai sim tudo sera possivel. Po, doutrina catolica ser anti-biblica???

        Reply
        1. helio bandeira

          Não tenho dúvida nenhuma que seu tio concorda comigo.

          Reply
          1. Paulo

            Concorda com o que? Com a afirmacao de que ha “pouquissimas diferencas entre catolicos e ateus”?? Seu comentario foi “quem falou isso deveria ler mais”.

        2. Hélio Bandeira

          Tudo bem! Me mostre na bíblia todas essas coisas: Missa para os mortos, leia Hb 9.27; cristãos adorando imagens, leia 1 João 5.21, atos 17.29; me mostre na mesma, a expressão “papa”; onde ta escrito que pedro se quer pisou em roma… quanto mais tenha sido papa, me mostre? Leia 1Pedro 5.1; me mostre em algum escrito da antiguidade algum historiador afirmando que Pedro foi papa? Me mostre algum cristão adorando Maria? Leia Mt 4.10; me mostre algum cristão pedindo a intercessão de Maria? Leia João 14.6,13; me mostre cristãos adorando homens- o papa é adorado, venerado e endeusado pelos católicos isso é fato.- leia atos 10.25-26 ( e veja logo quem rejeitou adoração); e ao afirmarem que Pedro foi papa- falácia total bíblica e histórica- eles deveríam se casar… Pedro devería ser casado… ou não? Leia Mt 8.14; Mc 1.30. Com certeza não sou eu quem está carecendo de ler mais.

          Reply
          1. Hélio Bandeira

            A pouquissima diferença entre católicos e ateus se resume numa semelhança: tão nem aí para as escrituras.

          2. Paulo

            Ok. A discussao e sobre se a Evolucao das Especies Pela Selecao Natural existiu ou nao. Mas se voce acha que os catolicos devotos (coisa que NAO sou) sao praticamente ateus podemos tambem discuitr o assunto… Voce esta querendo redefinir o significado da palavra ateu, e isso? Um ateu e alguem que nao cre em deus algum, certo? E nao e exatamente isto que um catolico (ou muculmano, espirita, evangelico, etc, etc… e’). Entao, podemos afirmar que um catolico nao e um ateu. Se alguem acredita em algum tipo de deus, nao e ateu, simples assim. E olha, eu preciso mesmo ler mais, nisto voce tem razao mesmo. Alem da minha formacao tecnica, a historia da humanidade (nossa historia) e fascinante, e nesta minha abordagem incluo a historia das religioes. MAs acho que estamos nos desviando do tema principal, que e “O Que Da Acreditar No Darwinismo”. Ainda estou aguardando o trabalho cientifico que expliqe o porque da evolucao nao ter acontecido.

  23. Paulo

    Sabe, Helio? Nao conhecia muito sobre o Dr Polkinghome, apenas o nome. Ao contrario do que voce sugere, ele nao rejeitava a evolucao, e ate certo ponto conseguia conciliar a ciencia com suas convicoes religiosas. Olhe este trecho, encontrado em http://en.wikipedia.org/wiki/John_Polkinghorne:
    “…On creationism
    Polkinghorne accepts Evolution. Following the resignation of Michael Reiss, the director of education at the Royal Society—who had controversially argued that school pupils who believed in creationism should be used by science teachers to start discussions, rather than be rejected per se[28]—Polkinghorne argued in The Times that there is a distinction between believing in the mind and purpose of a divine creator, and what he calls creationism “in that curious North American sense,” with a literal interpretation of Genesis 1 and the belief that evolution is wrong, a position he rejects.[29]“.
    Isto vai ao encontro com o que afirma o diretor do observatorio do Vaticano – e tambem com o que aprendi nos meus anos de ginasio e cientifico, na escola religiosa em que estudei. E de novo, isto nao prova nada. Voce entende o ponto? Afirmar que A ou B sao religiosos nao acrescenta nada a este dialogo. Continuo aguardando referencias a algum trabalho que sustente que a Evolucao NAO ocorreu.

    Reply
  24. Hélio Bandeira

    Não… com certeza não prova nada. Mas enveredamos por este caminho porque voce disse e repitiu, “que a religião é incompetente pra lhe dar com ciencia.” Quem é a religião? Que eu sáiba, são os religiosos, ou não? E Guedes disse: “…enquanto desconhecem a ciencia como os religiosos…” e ainda diz que “não entende onde eu quero chegar…” é brincadeira… mesmo assim ainda negam que fizeram táis afirmações.

    Reply
    1. Paulo

      Nao. Eu NUNCA disse (se eu escrever algo assim, minha conversao comecara pela auto-imolacao publica). Nao escrevi literalmente que “que a religião é incompetente pra LHE (sic) dar com ciencia.”. O sentido e “a religiao (leia-se lieturas e interpetacoes literais da biblia) e incompentente para LIDAR com a ciencia”. E e mesmo, como estamos vendo ao vivo e a cores. A religiao e uma construcao humana, criada ha milhares de anos primeiramente com o objetivo de explicar muitos dos fenomenos naturais, etc, etc…, e naquela epoca se confundia mesmo com uma ciencia rudimentar. Veja que nunca escrevi que sou ateu – e tambem nao afirmo que nao sou, porque isto e irrelevante para esta discussao. A ciencia, por nao ter competencia e nao saber LIDAR com o assunto, nao entra no merito da existencia de Deus. Continuo aguardando referencias a algum trabalho que sustente que a Evolucao NAO ocorreu. Este sim e o tema central da discussao.

      Reply
      1. Hélio Bandeira

        Paulo, livros ou artigos publicados por cientistas dissidentes da T.evolução não são reconhecidos pela C.científica, por que a mesma é composta por uma maioría de materialistas/evolucionistas. Os dissidentes dessa teoria fazem parte da C.cietífica, mas como em todo lugar sempre vence a maioría… veja só… a caixa preta de Darwin nem descarta a evolução e foi rechaçada por essa maioria materialista. Imagine um que descarte. Com certeza eles descartam por que o método científico “não mostra que complexidade surge de iteligência.” E esses são dissidentes por que questionam as incontáveis lacunas em branco dessa teoria. Os livros/artigos não são aceitos por que não se deve tocar em DOGMAS.

        Reply
        1. Paulo

          Existem, obvio, muitos casos em que dogmas interferiram com conclusoes cientificas, como foi o caso da constante cosmologica introduzida por Einstein na Teoria da Relatividade Geral para compensar a expansao do universo, que e uma consequencia prevista do seu trabalho e que ia de encontro ao pensamento cientifica da epoca, que era de um universo infinito e imutavel. A publicacao das medicoes de Edwin Hubble levou a conclusao inevitavel de um universo em expansao, e com a retirada da constane cosmologica as coisas se encaixaram perfeitamente. Eu GARANTO a voce que nao apenas a Teoria da Evolucao como qualquer outra teoria cientifica seria repensada caso evidencias contra fossem encontradas ou correcoes fosse necessarias. Perfeitos exemplos sao a Teoria da Relativida Geral, que mostrou que para grandes massas a Teoria da Gravitacao Universal de Newton nao era mais adequada ou mesmo a Mecanima Quantica, que para as escala sub-atomicas obrigou a fisica teorica a repensar o modelo deterministico, que era outro dogma. O problema com estas dissidencias e que simplesmente estao equivocadas, tecnicamente erradas e nao se sustentam em fatos observaveis. A grande maioria destas teorias se limita a atacar a Evolucao com argumentos muitas vezes falsos, e nao apresentam evidencias consistentes com as hipoteses. Pense nisso, Helio… Ha 10,000,000 de anos, um piscar de olhos na Historia de nosso planeta, o homo-sapiens sequer existia, mas nossos ancestrais – e de outras especies – ja estavam por aqui. Contra isso nao ha argumentos, as evidencias estao ao alcance de qualquer um, e a cada dia novas sao descobertas. Veja que nao se discute a existencia de Deus ou qualquer outra forca superior. A ciencia nao se envolve em situacoes nas quais simplesmente nao tem competencia. Mas evolucao aconteceu, e mais ainda, acontece bem debaixo de nossos olhos. E a despeito do tempo de duracao das geracoes humanas, e observavel mesmo na nossa especie. Os avancos nas tecnicas de rastramento genetico, biologica molecular, etc…, sao indiscutiveis. Nao se iluda, estes dissidentes estao em grande parte ligados a grupos religiosos, que pelas obvias razoes dogmaticas negam a evolucao e toda a ciencia moderna. Mais um detalhe… Todas as teorias tem lacunas, veja por exemplo a busca pela teoria que unificaria as quatro forcas. E a evolucao, claro tem suas lacunas, ha muita controversia sobre alguns mecanismos de mutacao, o que provoca as mudancas, etc… Mas sobre a evolucao em si, nao ha muita discussao de ordem tecnica. Rotula-la como dogma e muito injusto. E perfeitamente passivel de contestacao, desde que se apresentem os argumentos necessarios.

          Reply
  25. Hélio Bandeira

    Mas já que insiste: Universo plano ou acidente? de Robert Clark, phd em bioquimica; evolução uma teoria em crise de Michael Denton, bioquimico. obs: Michael Denton não é religioso.

    Reply
  26. Paulo

    Eu insisto sim. O que o conceito de um universo plano, aberto ou fechado exatamente se encaixa na discussao sobre evolucao? Obs.. Eu SEI o que significa Universo plano, aberto ou fechado. Cite por favor suas fontes sobre Robert Clark, quero entender melhor sua argumentacao. E com relacao ao Michael Denton, ele e sim um defensor do que se convencionou chamar Intelligent Design, que tem (de novo) obvias raizes no criacionismo biblico. E a argumentacao tecnica por tras de seu livro “Evolucao: Uma teoria em Crise”, primeira edicao publicada em meados da decada de 80, foi prontamente desqualificada por inumeras razoes, algumas das quais sao mencionadas em http://en.wikipedia.org/wiki/Evolution:_A_Theory_in_Crisis – se voce quiser mais referencias posso lhe indicar. Por exemplo:
    ‘… Reviews by parties within the scientific community were vehemently negative, with several attacking flaws in Denton’s arguments. Biologist and philosopher Michael Ghiselin described A Theory in Crisis as “a book by an author who is obviously incompetent, dishonest, or both — and it may be very hard to decide which is the case” and that his “arguments turn out to be flagrant instances of the fallacy of irrelevant conclusion.”…’
    E importante observar que o autor NUNCA contesttou de forma tecnica – ou de qualquer outra forma – estas avaliacoes. Nunca discutiu ou apresentou abertamente seus argumentos.

    Reply
  27. Hélio Bandeira

    Robert Clark afirma no livro universo plano ou acidente? que é impossivel que o universo surgisse de uma mera explosão. Explosão não produz leis, nem coisas últeis e funcionais. Já no caso do Denton… é como eu disse… quem cutuca dogmas tem que passar pela inquisição. E é obrigação da inquisição desqualificar por completo algo que a contrarie, não importa como, mas tem que ser desqualificado. Sera que o livro foi desqualificado por ele afirmar que a ausencia de gradualismo fossíl é uma regra e não uma excessão? Ou por que ele citou o mico do celacanto- Paulo, evolução: uma teoria em crise fala do celacanto – seja la o que for, fato, é que essa inquisição jamais calara os cientistas de opniões conflitantes.

    Reply
    1. Paulo

      Em primeiro lugar, nao entendo o que o Big-bang tem a ver com Evolucao Pela Selecao Natural ou mesmo a relacao com “O Que da Acreditar no Darwinismo”. Mas podemos discutir tambem o Big-bang. Que contrariamente ao que o nome indica, nao tem nada a ver com uma explosao. O termo Big-bang foi cunhado, com intencoes de desqualificar a teoria, por um astrofisico Ingles chamado Fred Hoyle, que era o defensor da teoria do Estado Estacionario, e nunca aceitou a teoria do Big-bang, ainda que a descoberta da Radiacao Cosmica de Fundo, descoberta esta que rendeu um Premio Nobel a Robert Penzias e Arnold Winson tenha sido prevista ha mais de 60 anos. O satelite COBE comprovou de forma espetacular a existencia deste “vestigio” do Big-bang. Extraido de http://pt.wikipedia.org/wiki/Radia%C3%A7%C3%A3o_c%C3%B3smica_de_fundo_em_micro-ondas:
      “…Dois dos maiores sucessos da teoria do Big Bang são suas predições do seu espectro de corpo negro praticamente perfeito e sua detalhada predição das anisotropias na radiação cósmica de fundo em micro-ondas. A recente sonda Wilkinson Microwave Anisotropy Probe (WMAP) mediu com precisão essas anisotropias através de todo o céu até escalas angulares de 0,2 graus.[6] Elas podem ser utilizadas para estimar os parâmetros do modelo padrão Lambda-CDM do Big Bang. Algumas informações, como a forma do universo, podem ser obtidas diretamente da radiação cósmica de fundo, enquanto outras, como a constante de Hubble, não são óbvias e precisam ser inferidas de outras medidas….”
      O Fred Hoyle deu importantes contribuicoes a ciencia, como a descoberta de como os elementos mais pesados sao criados no interior de estrelas, um processo chamado nucleosintese estelar, e so nao foi agraciado com um Premio Nobel por este trabalho em virtude do seu falecimento em 2001. O Robert Clark pode afirmar a vontade o que quiser, mas precisa apresentar evidencias tecnicas do que diz. Conceituar o Big-bang (isto voce encontra em qualquer estudo serio sobre o assunto) como uma mera explosao esta errado. Ja se comprovou, inclusive experimentalmente, o que teria acontecido nos instantes iniciais do universo, e de novo, o assunto e fartamente documentado. Mas nao vamos fugir do assunto. Quero entender “O Que Da Acreditar No Darwinismo”.

      Reply
    2. Paulo

      Antes de mais nada, Helio, que voce, sua famila e entes queridos tenham um 2013 espetacular. Saude, Paz e Amor (os dois ultimos nao necessariamente nesta ordem). Quero apenas registrar uma correcao no seu texto. A descoberta do Celacanto, ou quaisquer outros animais e/ou especies que se pensava extintos nao tem nada a ver com a validade da Teoria da Evolucao. Um exemplo classico sao os caes domesticos. Todas as racas, sem excecoes conhecidas, descendem do lobo, em uma evolucao guiada pelo homem. E o lobo (especie) como sabemos ainda existe. Neste caso especifico a selecao natural foi substituida pela acao humana, enquanto que na natureza existem outros fatores, como pressoes ambientais, competicao entre especies, etc, etc… Nao ha inquisicao alguma. Ou as ideias sao consistentes com fatos, observacoes, teorias, etc… – ou nao sao. Simples assim. Inquisicao = fundamentalismo religioso.

      Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *